sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Shabat e Rosh Chodesh




Este Shabat marca o início do 
mês de Adar.



Blessing on the moon by Steve Karro



Ainda que todos os Shabates sejam especiais, a combinação única de Shabat e Rosh Chodesh cria uma sinergia entre dois poderosos elementos.

No Shabat Rosh Chodesh Adar em 1984, o Rebe de Lubavitch discutiu as lições a tirar, quer de Shabat, quer de Rosh Chodesh e de como eles se ligam.

Por um lado, cada lua nova no calendário judaico é determinada pelo ciclo da lua. Nalgumas noites podemos ver a lua na sua totalidade e outras vezes absolutamente nada.

Por seu lado, Shabat e os dias da semana são governados pelo constante nascer e pôr-do-sol. 




O impacto do sol é constante e óbvio em cada dia, enquanto que a delicada luminosidade da lua é sempre diferente.



Na nossa relação com D-us, explica o Rebe, Rosh Chodesh e Shabat ensinam-nos duas lições diferentes, a saber, a importância da consistência e do entusiasmo.

Consistência é parte integral do judaísmo. Os rituais diários incluindo a oração e outros mitzvot são interiorizados e tornam-se parte do nosso próprio ser.

Contudo, e apesar da importância da consistência, nem todos os mandamentos podem ser executados a cada momento. Por exemplo, a oração especial do Hallel, em que tão lindamente louvamos a D’us, apenas pode ser recitada em ocasiões especiais como seja Rosh Chodesh e não diariamente. Quando fazemos algo repetidamente corremos o risco de perder o nosso entusiasmo inicial.



Blessing on the moon by Elena Flerova


Quando Shabbat e Rosh Chodesh coincidem, temos estes dois conceitos em simultâneo. É então a altura ideal para fundir ambos os modos de relacionamento com o Divino.
Com o entusiasmo de Rosh Chodesh e a devoção de Shabat podemos ter o melhor dos dois mundos. 



Blessing on the moon
 by Elena Flerova


Que todos sejam abençoados com um óptimo novo mês e com a capacidade de beneficiar da especial energia espiritual que nos é trazida por este Shabat Rosh Chodesh.


Shabat Shalom e Chodesh Tov!


Cortesia de
Rabino Eli Rosenfeld


chabadportugal.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário