segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Vila Flor na Rota do Judaísmo - (Trás-os-Montes)




VILA FLOR


Arco de D. Dinis em Vila Flor



Vila Flor é uma vila portuguesa, pertencente à Região Norte e sub-região do Alto Trás-os-Montes, com cerca de 2 200 habitantes. É sede de um município com 265,52 km² de área e 6 697 habitantes (2011) , subdividido em 20 freguesias. O município é limitado a nordeste pelo município de Macedo de Cavaleiros, a leste por Alfândega da Fé, a sueste por Torre de Moncorvo, a sudoeste por Carrazeda de Ansiães e a noroeste por Mirandela.




Embora a comuna hebraica já estivesse presente nesta povoação desde o século XIII, recebeu especial impulso com o acolhimento de famílias judias que fugiram das perseguições europeias e que aqui foram desenvolvendo a agricultura, o comércio e as suas artes e ofícios, como as indústrias de curtumes e ourivesaria.






A antiga judiaria de Vila Flor (Trás-os-Montes) situa-se entre a Rua Nova e a Travessa da Rua Nova, muito próximo do "Arco de D. Dinis", abrangendo a Travessa da Fonte Romana, Ruas D. Dinis, do Saco e da Portela.



Localização da Judiaria de Vila Flor




12 comentários:

  1. Que linda Vila! Sempre tive vontade de um dia morar neste país de onde meus pais vieram,meu avô veio para o Brasil como clandestino em um navio,imigrante português casou-se com sua prima minha avó,tbém portuguesa ambos das região de Aveiro.
    Qdo fui a Portugal em 2005,conheci alguns castelos,fui em em Aveiro onde dizem que é a Veneza portuguesa,comi o tal de ovos moles,terrível! detestei,gostei mesmo dos pastéis de nata e do pastel de Belém. Tenho família ,tia primos e primas que habitam em uma aldeia na região de Aveiro.

    ResponderExcluir
  2. Está na hora de cá voltar de novo, será muito bem vinda :)

    ResponderExcluir
  3. Ah e quanto aos ovos moles...eu sou fã...era doce que comeria todos os dias!!!! ;) Mas conheço mais pessoas que não gostam nada.

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito das postagens de hoje e ontem,como Portugal é lindo! não deu tempo para conhecer tudo,mas há lugares que se parecem quadro de Monet,fui no final do outono início do inverno,muito frio.
    Conexão em Lisboa( só tive visão aérea,não fui para Lisboa) para o Porto( achei maravilhoso o Rio D' Ouro estava um azul turquesa lindo,lindo!)
    No Porto pude conhecer o novo aeroporto muito futurista a arquitetura, qdo fui tinham acabado de inaugurá-lo,minha família estava me esperando e seguimos para casa.
    Foi um tempo muito bom com meus familiares e sinto muitas saudades!,o inacreditável é que toda a família moram em uma mesma rua,acho que foi meu bisavô que fundou a tal aldeia,lá é tudo lindo de se ver,vida tranquila como se já não se tem hoje,uma vida que poucos podem ter!
    Falando nos ovos moles,perdoe,mas quando aquilo estourou em minha boca,foi uma sensação horrível!
    Trouxe muitos vinhos,meu primo me presenteou e do Porto,muito bom.
    Enfim,como disse que delícia é o tal de pastel de Belém,esse foi o melhor!
    Voltando as postagens,acho maravilhoso conhecer e saber a respeito da história e o que mais me deixa triste,hoje mesmo lendo juízes 1 depois da morte de Josué,nossa quantas e quantas vezes o povo se desviou,precisavam de qualquer maneira de um ídolo para adorar ( casaram com mulheres do povo cananeu,heteu,amorreus e etc...
    na verdade houve uma miscigenação pois se misturaram com povo idólatra e por causa disso serviram a astarote e a outros deuses
    Reportando a história pra nossa vida hoje,no meu caso,desde que conheci a Deus,passamos por desertos,mas nunca por nem um momento pensei em virar as costas para o meu Deus!
    Fico meditando nisso e chego a me entristecer,pq eles eram assim,sempre voltavam a pecar contra Deus amando outros deuses ?
    boa noite!
    Mas,não quero importunar com minhas dúvidas,mas tenho entendido um pouco sobre a história so bre Deus em relação a nós.
    Faço o Shemá duas vezes ao dia amo estes textos deut 6.4 a 9 Deut.11:13 a 21
    Deus conhece meu coração e alma e faço por que eu o amo muito,pois é o nosso Norteador.
    Resumindo, nossa crença tem que ter coerência com a nossa vida,senão é perda de tempo.


    ResponderExcluir
  5. É um prazer receber os seus comentários, mas por achar mais fácil, se desejar comunicar pode continuar a fazê-lo pelo Blogue ou se desejar através do meu facebook:https://www.facebook.com/ziva.david.5 . Fico feliz por ter gostado do que cá viveu e provou, e sim os nossos vinhos são muito bons. ;) Muito obrigada, tenha um dia muito feliz! :)

    ResponderExcluir
  6. Ziva,não tenho face,não gosto muito,acho muito superficial e chato,prefiro comentar no seu blog mesmo,pois acho melhor se vc não tiver nada contra prefiro assim.
    Bom dia para vc Ziva!
    Esqueci de te contar meu pai se chamava David Gonçalves Verdadeiro,meu sobrenome é Verdadeiro,parece que na região da minha família em Portugal só tem um primo meu que ainda possui o sobrenome Verdadeiro(meu bisavô teve 2 filhas e meu avô único homem que veio para o Brasil fugindo da guerra e as duas filhas casaram-se e colocaram o sobrenome dos maridos e somente meu avô ficou com o nome e aqui teve meu pai e minhas duas tias que tbém retiraram o sobrenome qdo casaram eu sou filha única do meu pai já falecido,continuo com o Verdadeiro e no Brasil acho que só minha família tem este sobrenome,já pesquisei,acho interessante!
    Ziva,vc é uma verdadeira enciclopédia muito muito inteligente !! vc expõe a história muito clara sobre o judaísmo na Europa,muito interessante mesmo,elucida os fatos com cuidado e exatidão! continue sempre!
    Tenha uma quarta feira feliz!

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada pelas suas palavras, mas na verdade o mérito do que eu aqui coloco não é meu, não sou eu que faço estas pesquisas, eu só procuro quem já as fez e limito-me a partilhar após as estudar. Gostaria que fossem obras minhas...mas infelizmente não são, eu estudo-as, por vezes acrescento algumas fotos e partilho com todos, que na realidade é o que mais gosto de fazer. Isto porque na maioria das vezes, toda esta informação existe na net, mas está dispersa e nem sempre muito acessível, por vezes encontro a história do nosso povo em locais que não me lembraria de procurar!!! Acrescento ainda que alguns artigos e estão devidamente assinalados, são amigas (os), e o meu marido que me enviam. E estou a escrever tudo isto porque quero que fique claro para todos os meus queridos leitores, que não desejo ficar com os louros do trabalho muito árduo de outras pessoas, como por exemplo historiadores/pesquisadores a quem eu agradeço a existência, por tanto contribuírem para o desenvolvimento e conhecimento do povo da nação e da nossa religião. :)

    ResponderExcluir
  8. Ziva,entendi,mas vc tem mérito sim! pois digo que sua atitude em relação a busca de informações para elucidar fatos tão significativos para o povo de Deus em um só lugar fica tão prático e interessante para nós leitores!
    Ziva,leio todos os posts,só tenho a lhe agradecer!
    Que Deus maravilhoso !

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigada pela consideração. :) Tenha um dia muito feliz!

    ResponderExcluir
  10. A Rô é fanzaça mesmo! 'Verdadeiro' é show de apelido! Conhecia 'Veríssimo', mas Verdadeiro nunca tinha lido nem ouvido. Recolher, organizar e compilar informação desta forma, para depois construir um blogue estruturado como este, com a assiduidade e coerência que a Ziva mantém, também é digno de muito mérito, sim senhora. Resulta num justo trabalho de divulgação e dignificação deste Povo. Eu comecei a acompanhar o blogue do fim para o princípio :-) ; quando der a volta, penso procurar similares para ler em simultâneo.

    ResponderExcluir
  11. Muito obrigada por estas palavras tão lindas e pelo carinho. É para todos que publico, mas com um prazer acrescimdo para quem ama estes temas.

    Mais uma vez obrigada pela força que me dão para continuar. :)

    ResponderExcluir