sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Lech Lecha


Lech Lecha

Pintura de Rebecca  Gottesman


Na Parashá desta semana (Bereshit, Capítulo 12), somos introduzidos ao primeiro judeu, Avraham Avinu.

Sem muita fanfarra, o verso é conciso na sua mensagem, “Lech Lechá” (Verso 1). D-us está a dizer a Avraham que deixe tudo o que o rodeia e viaje para outra terra.

O que começa como a jornada de um homem, culmina claro, no nascimento de uma nação, e numa viagem continuada até este dia por todos os seus descendentes, o povo judeu.


Pintura de József Molnár
“A partida de Avraham para Cannã”


Enquanto, em certo sentido, isto é somente o começo da nossa história, no sentido místico, esta directiva de “Lech Lechá” pertence a todos e a cada um de nós.

O Tzror Hamor cita uma interpretação mística destas passagens, ilustrando a sua mensagem imutável e a sua relevância.

Avraham, diz-nos ele, representa a Neshamá, a alma contida em cada um de nós. As palavras “Lech Lechá” - para partir, podem ser entendidas como a directiva de D-us para a alma no céu, antes da sua descida.

Apesar de ser uma tarefa desafiante e que intimida, D-us assegura-nos a todos, “Eu abençoar-vos-ei” (Verso 2). Quando as coisas parecem difíceis, temos de permanecer focados no nosso instinto de continuar esta jornada.


Pintura de Gustave Doré
Avraham e o teste de fé.


Armados com estas bênçãos, superamos todos os obstáculos, como Avraham antes de nós. O verso lista muitas paragens ao longo do caminho, mas cada destino teve o mesmo intuito. Como o verso refere, Avraham “Viajou, continuadamente” (Verso 8).

Pode haver paragens temporárias ao longo do caminho, mas “viajar continuadamente” deve permanecer o nosso lema, nunca ficarmos contentes com as realizações anteriores.

Com este enfoque, podemos superar o temporário desvio pelo Egipto, ou qualquer outro obstáculo que encontremos na nossa “Lech Lechá” pessoal, já que nós, como Avraham, caminhamos para a frente, na nossa busca de cumprir o que D-us nos pede.


Cortesia de:
Rabino Eli Rosenfeld


chabadportugal.com


Shabat Shalom

Nenhum comentário:

Postar um comentário