sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Vilna Gaon Synagogue




 
Sinagoga de Vilna


A Grande Sinagoga de Vilna, que ficava no final da judiaria de Vilnius, Lituânia, foi construída entre 1630-1633, mais tarde foi dada permissão para a construção de uma sinagoga em pedra. A sinagoga foi construída onde em tempos tinha existido uma outra construída em 1572, esta por sua vez, tinha substituído uma casa de oração judaica que existia desde 1440.
 
Sinagoga frequentada pelo grande rabino Elijah ben Shlomo Zalman Kremer, ( em hebraico: ר 'אליהו בן שלמה זלמן ) conhecido como o Vilna Gaon ou Elias de Vilna e simplesmente por sua sigla hebraica Gra (" G aon R abbenu E liyahu ") ou Ben Elias Salomão, ( Vilnius que nasceu a 23 de Abril de 1720 – Vilnius vindo a falecer a 09 de Outubro de 1797), foi um talmudista, halachist, cabalista, e o líder mais importante do movimento de judeus não-hassídico  dos últimos séculos. Ele é comumente referido em hebraico como ha'Gaon ha'Chasid mi'Vilna , "o gênio santo de Vilnius".
 
Hoje, mais precisamente, dia 19 Tishrei de 5773 da era judaica, falecia o Vilna Gaon (há 215 anos).
 
Segundo o relato de Napoleão, que se encontra no limiar desta sinagoga em 1812 era tão magnífica e impressionante, que olhou para o seu interior e ficou sem palavras de tanta admiração. A sinagoga tinha várias entradas, uma ao nível da rua que consistia num par de portões de ferro que, foram doados por uma sociedade de alfaiates em 1640. A outra entrada, no lado ocidental foi acrescentada, em 1800, e era um pouco mais imponente, uma empena dois níveis elevados de madeira com um portal e postes de ferro forjado. Havia uma pesada porta de ferro com uma inscrição original em hebraico indicando que foi um presente de uma "sociedade de recitadores de salmos" em 1642. Na época de sua construção, os regulamentos eclesiásticos em toda a Europa especificavam que uma sinagoga não poderia ser construída maior do que uma igreja. Para obedecer a lei, e ainda criar a altura interior necessária, era costume de cavar uma profunda base suficiente para o nível do chão da sinagoga ser bem inferior ao da rua. Lá fora, a sinagoga parecia ter cerca de três andares de altura, mas dentro subiram para mais de cinco histórias. Outra entrada com um vestíbulo e o "pelourinho" foi localizada no lado norte do edifício.
 
Aquarela de J. Kamarauskas (porta principal)
 
Exterior da sinagoga (outra entrada)
 
Flanco Ocidental
 
Flanco Oriental
 
 
Porta do Pátio
 
 
 
O Interior da Sinagoga
 
Aron Kodesh (arca sagrada)
 
Hoje, o local desta sinagoga está assinalado com um pequeno monumento.
 
(Monumento à direita)
 
 
 
Fontes:
http://en.wikipedia.org/wiki/Great_Synagogue_of_Vilna


 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário