quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Hoje apresento-vos a artista Lili Fijalkowska.






Lili Fijalkowska nasceu em Kiev. Ela formou-se em belas artes na sua cidade natal, e mais tarde forma-se também na Moscow Art Academy como professora gráfica. Lili recebeu o seu diploma da oficina dos artistas e professores russos famosos, como A. Gonczarov e o Professor W. Lachov. 




A Filosofia de Lili Fijalkowska

O mundo é um local muito complicado. Todo mundo vive o seu papel pelas suas próprias regras e em tempo contínuo. E é isto que tento mostrar através do meu trabalho.


Da direita: “O Anjo” e o da esquerda: “Os Meus Demónios”


As pinturas do circo, por exemplo, refletem o meu pensamento sobre a felicidade ilusória.


Da direita: “Malabarista” e o da esquerda: “Palhaço”


Pinto a Shtetls da pré-guerra porque está muito perto de meu coração. É um mundo perdido para sempre, um mundo que eu criei na minha imaginação, por nunca o ter visto nem vivido.  



Da direita: “Velho Judeu” e o da esquerda: “Shtetls” 


Somos andarilhos nesta terra e passamos pelo tempo sempre com a esperança que o dia de amanha seja melhor.


Da direita: “Oração da manhã” e o da esquerda: “Oração da noite” 



Eu amo a vida, as pessoas e todas as criaturas vivas. Eu agradeço por cada dia que passa e por poder admirar todo o nosso magnífico mundo num único dia.


“Klezmer”



A Bibliografia de Lili Fijalkowska

Desde 1974 que Lili que vive na Polónia, onde ela trabalha e cria muitas formas de artes plásticas. Ela ilustra livros, traça logotipos de designe gráfico, calendários e cartazes. 


Da direita: “Rabbi com o Livro” e o da esquerda: “Vida Judaica” 

A artista já trabalhou para vários editores; "Wydawnictwo Szkolne i Pedagogiczne", "Krajowa Agencja Wydawnicza", "I książka Wiedza", "Interpress," "Kaliope", e "Slowo Zydowskie". Salientamos ainda a sua cooperação de longa data com a "DESA", "Plastyka" e "Wzór". 



Da direita: “Judeu a Passear” e o da esquerda: “Casamento Judaico” 



Lili também faz alguns trabalhos em cerâmica. Trabalhou ainda e por alguns anos com os grupos "Keramos" de Varsóvia e "Nie tylko" grupo de Wroclaw. 


“Anjo”




Em 1985, ganhou o "IV Bennale Ceramiki Polskiej" em Walbrzych e recebeu um prémio pelo seu trabalho "Hebany". Em 1987, recebeu um outro prémio do Presidente do "Plastyka" pelas suas realizações artísticas. Lili é membro da "União dos artistas polacos das Belas Artes". 



Da direita: “Contos de um Rabino” e o da esquerda: “Rabinos a rezar” 

Durante todo este percurso artístico, tem feito muitas exposições nacionais e internacionais. Os seus trabalhos podem ser encontrados em coleções particulares na Polónia, Alemanha, França, Holanda, EUA, Israel e Canadá.



“Rabinos em oração”

Entre 1996-1999 foi coordenadora Visual do programa de gravação de áudio "Sobreviventes do Shoah Visual History Foundation", de Steven Spielberg.

E muito mais haveria para dizer e mostrar sobre esta artista, mas que poderão ver através das fontes deste artigo. Assim, deixo-vos com este vídeo da Lili Fijalkowska. ZD



Fontes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário