sexta-feira, 4 de abril de 2014

No dia de hoje na história judaica - 4 Nissan 5774



Comboio do Hospital Hadassa é vítima 
de uma emboscada (1948)


Na manhã de 4 de Nissan, um comboio civil de médicos e enfermeiras que viajava para o Hospital Hadassa em Monte Scopus, foi atacado pelos árabes.



Dos dez veículos da caravana, cinco escaparam. 


Os outros cinco, porém, que incluíam dois autocarros e uma ambulância, foram atingidos por metralhadoras e incendiados de seguida. Ao todo 77 civis judeus foram massacrados naquele dia.


Memorial às vítimas que seguiam no comboio de veículos para o Hospital Universitário Hadassah, MT. Scopus, Israel.


Pouco tempo depois, o hospital foi fechado e mudado para a parte oeste de Jerusalém. O Hospital Monte Scopus somente reabriu depois que a parte leste de Jerusalém foi libertada por Israel na Guerra dos Seis Dias, em 1967. Tendo basicamente um corpo clínico formado por médicos judeus, e é hoje o maior e mais bem equipado hospital na secção leste de Jerusalém.



Vista aérea do Hospital.



Uma placa com a história deste massacre está foi colocada no Hospital Universitário Hadassah, MT. Scopus.

Estas vítimas foram homenageadas em alguns outros pontos do país.


Ha Ayin-Het Street, named for the slain 78 of the convoy to Har HaTzofim.



Haim Yassky Street, named for doctor killed in the convoy to Har HaTzofim.



Fontes:



Para conhecer uma pouco mais sobre a história deste hospital: http://en.wikipedia.org/wiki/Hadassah_Medical_Center

Nenhum comentário:

Postar um comentário