sexta-feira, 25 de abril de 2014

Geviha Ben Pesisa - O 1º Advogado Judeu.




Os Egipcios “Exigem” Ouro e Prata
(Séc. 4 A.E.C)





Os representantes egípcios apareceram na corte de Alexandre o Grande, exigindo que os judeus pagassem restituição por todo o ouro e prata dos egípcios que levaram com eles durante o Êxodo.



Geviha, filho de Pesisa, (o primeiro advogado Judeu) um judeu simples mas sábio, pediu permissão aos sábios para apresentar a defesa em prol dos judeus.

Geviha pediu provas aos egípcios de que os judeus tinham fugido com sua fortuna. “O crime está claramente registado em sua Torá,” responderam alegremente os egípcios.



“Neste caso,” disse Geviha, “a Torá também diz que 600.000 judeus foram injustamente escravizados pelos egípcios durante muitos, muitos anos. Então vamos primeiro calcular quanto vocês nos devem…”

A corte concedeu três dias para os egípcios prepararem uma resposta. Quando foram incapazes de fazê-lo, fugiram no dia seguinte, 25 de Nissan, e jamais retornaram. Nos tempos talmúdicos, o dia em que a delegação egípcia fugiu era celebrado como um mini-feriado.



No dia de hoje da história judaica – 25 Nissan 5774

Através da :

Nenhum comentário:

Postar um comentário