sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Cartas de Lisboa | Re'eh



Re'eh

"Vejam, hoje ponho diante de vós uma bênção e uma maldição".


A primeira palavra da parsha desta semana, Re’eh que é singular- significa "veja", ao passo que a palavra Lifneichem – que significa, "diante de vós", é plural.

Muitos comentaristas notam esta discrepância e oferecem diferentes respostas. O Rabino Abraão Saba, no Tzror Hamor, dá-nos a seguinte explicação:

A Torá ao escolher a forma singular da palavra Re'eh está aludindo a uma ideia fundamental, o princípio orientador de como devemos servir a D'us.



Moisés ao dizer-nos as duas opções que temos; o caminho de bênção para aqueles que seguem as palavras e, D'us não permita, o caminho contrário no caso oposto, também nos está dando uma pista sobre como escolher o caminho certo.



A forma singular para Re'eh lembra-nos, como antes de começar a cumprir a pluralidade das muitas mitzvás que "ponho diante de vós", há uma chave singular para o sucesso: Re’eh "ver", o que significa pensar, contemplar e, finalmente, acreditar.




Antes de realizar as muitas mitzvás, temos de nos concentrar na nossa Emunah, na nossa fé. Esse é o passo mais importante e por isso muitas vezes também o mais difícil.




Agora que nos preparamos para receber o mês de Elul, o prelúdio do Rosh Hashaná, é altura nos concentrarmos no caminho que temos pela frente. O caminho da fé e confiança,  e que D'us nos conceda um ano novo doce cheio de bondade e gentileza.



Shabat Shalom!
Cortesia do Rabbi
Eli Rosenfeld
chabadportugal.com



Fontes das Imagens:

Sephardic Jews Observe Hoshanah Rabbah (engraving circa 1723–1743 by Bernard Picart): Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário