quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

O dia de hoje na História Judaica - 14 de Tevet



 
 
Neste dia, Avraham, Yitschac e Yaacov foram resgatar a comunidade judaica de Hebron, depois que o cruel Pasha aprisionou seus líderes e ameaçou vender toda a população judaica para a escravidão.
 
 A comunidade sefardita de Hebron celebraria este dia para assinalar o grande milagre que ocorreu.

 
 
O Purim de Hebron
 
Hoje apresentamos-lhe um outro local de Purim, onde uma pequena comunidade comemora um evento que ficou famoso particularmente como “salva-vidas”. O Purim de Hebron, também é conhecido como "Purim janela".
 
 
Infelizmente, a comunidade que inicialmente começou a comemorar os eventos deste Purim já não existe, isto porque os judeus de Hebron sofreram imenso com o massacre em 1929, o qual deixou a cidade praticamente desprovida de qualquer população judaica.
 

 

A comunidade de Hebron tinha uma história que remonta à expulsão da Espanha (1492). Em 1848, o Pasha de Hebron exigia dos judeus um imposto de 50.000 piastras ou ele iria executar muitos judeus e vender os restantes à escravidão. Segundo a lenda (e, infelizmente, os registros históricos deste evento são escassos), os rabinos desta comunidade declararam um jejum por três dias - tal como no tempo da rainha Ester. Assim, eles tentaram aproveitar a santidade especial da Caverna de Machpelá, o local do enterro de Abraão, Adão e Eva e, Sarah Isaac e Rebeca, Jacó e Lia para fazerem essa comunicação a toda a comunidade.
 
 

Para entregar a petição que tinham feito, os rabinos tiveram que subornar um guarda árabe para a enviarem através de uma janela com vista para o local do enterro, (isto porque entretanto os judeus tinham sido proibidos pelos muçulmanos de entrar na mesma).
 
 

Esta história conta-nos que este episódio se deveu a um sonho que o Pasha teve na noite antes do ultimato e que foi o seguinte:
 

O Pasha sonhou que três homens tinham exigido dele, sob pena de morte imediata, uma soma avultada de ouro. O Pasha, assustado, entregou o ouro. Na manhã seguinte, os judeus encontraram o saco de ouro na sinagoga. Quando o Pasha veio para cobrar os impostos que ele tinha exigido aos judeus, foi surpreendido ao encontrar um saco igual ao que havia entregado em seu sonho.
E a história acrescenta ainda que o Pasha louvou a Deus publicamente, declarando que Abraão, Isaac e Jacó certamente olhavam por ele, e que por esse motivo, ele nunca mais iria tentar prejudicar os judeus. Na verdade, o Pasha deixou os judeus ficarem com o ouro.
 
Fontes:
Copyright © 2012 National Jewish Outreach Program.



Nenhum comentário:

Postar um comentário