terça-feira, 6 de agosto de 2013

!חודש טוב ומבורך


Rosh Chodesh de Elul


No dia de hoje na história judaica 
 1 de Elul 5773

Moshê sobe ao Monte Sinai pelos terceiros 
40 dias (1313 AEC)

No início da manhã de 1º de Elul de 2448 (1313 AEC), Moshê subiu ao Monte Sinai, levando consigo as tábuas de pedra que ele tinha entalhado por ordem Divina, para que D’us reescrevesse os Dez Mandamentos. Na montanha, D’us deu permissão a Moshê:

“Veja as Minhas costas, mas não a Minha face”

(que Maimônides interpreta como uma percepção da realidade de D’us, mas não da Sua essência) – o mais próximo que algum ser humano jamais esteve de conhecer a D’us – e ensinou-lhe o segredo dos Seus:

“Treze Atributos da Misericórdia”
(Shemot 33:18-34:8).

Pintura de: Ernest Descals 


Moshê permaneceu na montanha durante 40 dias, até 10 de Tishrei (Yom Kipur), e durante este tempo ele recebeu de D’us o perdão sincero, e a reconciliação com o povo de Israel, após a traição do pacto, quando eles adoraram o bezerro de ouro. Este foi o terceiro dos três períodos de 40 dias que Moshê passou no Monte Sinai em conexão com a Outorga da Torá. Desde então, Elul serve como o:

“Mês do perdão e da misericórdia Divina”.


Pintura de: Valerie Moody



Fontes:





Nenhum comentário:

Postar um comentário