quarta-feira, 4 de julho de 2012

Sinagoga de Dura Europos...




…Ou melhor, o que dela resta.



Ruínas da sinagoga

Planta da sinagoga

Não posso deixar de partilhar convosco estes frescos belíssimos daquela que foi em tempos uma sinagoga riquíssima e cheia de vida, nas paredes da qual retrataram alguns episódios da Torá.



"Protótipo" do mihrab, o nicho com a Torá na sinagoga de Dura Europos, com a sua pintura decorativa e duas pequenas colunas emoldurando o nicho encimado por uma abóbada de berço. 








A sinagoga de Dura Europos  é um edifício de culto judaico localizado na cidade helenística e romana Dura Europos, na província Síria (no extremo sudeste da Síria atual, a 24 kms de Mari). É um dos mais importantes monumentos para o estudo da arte judaica da antiguidade.



O resgate de Moisés

Sucessor de um primeiro edifício que data da segunda metade do século II, a sinagoga foi reconstruída por volta de 244-245 e dotada de um conjunto de frescos figurativos únicos (até à data) numa sinagoga antiga. A parcial destruição voluntária do edifício durante os trabalhos de fortificação da cidade, prevendo um ataque sassânida em 256, teve como resultado a preservação de grande parte da decoração pintada.



Exodus

 A destruição da cidade que se seguiu ao fim do cerco, e a deportação da população pelos persas, colocaram um fim na ocupação do local, o que explicaria o seu excepcional estado de conservação até às primeiras escavações arqueológicas. Estas intervieram sob o mandato francês na Síria, entre 1921 e 1933, e permitiram a retirada total dos vestígios da sinagoga. Os frescos foram depositados no Museu nacional de Damasco, constituindo uma das suas principais peças.



Moisés e as dozes tribos de Israel






 Fonte:
http://fr.wikipedia.org/wiki/Synagogue_de_Doura_Europos
http://www.youtube.com/watch?v=zuYvMzzJ61A

Se for do seu interesse, visite este endereço para mais informação.



Um comentário: