sexta-feira, 20 de junho de 2014

Cartas de Lisboa | Korach



Korach




Korach, o personagem central desta Parsha é bem conhecido por ter instigado uma rebelião contra Moisés e Aarão, os líderes do Povo Judaico. O que é menos conhecido, é claro, são as causas subjacentes a este desacordo.


Trata-se simplesmente de uma história de inveja e de descontentamento ou há algo mais profundo?


No Tzror Hamor, Rabi Abraão Saba, que viveu em Portugal entre 1492 e 1497, baseia-se no Midrash e no Zohar para nos oferecer uma análise mais íntima da visão do mundo que caracterizava Korach.

O Midrash diz-nos que uma das queixas de Korach tinha a ver com o Tallit e os seus Tzitzit, a vestimenta de quarto cantos e as suas franjas.




(De facto, a secção da Torá imediatamente antes da historia de Korach é a secção que refere os Tzitzit, e que se inclui na oração do Shema.)


O Tallit, diz o Rabi Saba, representa o mundo e tudo o que ele contém. As franjas e os nós por sua vez lembram-nos da nossa missão.

O nosso mundo é composto de tantos níveis e detalhes, que pode parecer desconectado – as coisas muitas vezes parecem não ter razão ou significado óbvios.


Apertar os nós, criar um conjunto de conexões é o mandato do Povo Judaico.


Ligar tudo o que encontramos ilustra que tudo tem o seu lugar e a sua razão na visão Divina de um mundo maravilhoso.


Korach, contudo, diz o Rabi Saba, não viu estas ligações. A sua perspectiva era de que o que superficialmente podemos ver é tudo o que existe, desse modo negando o papel de D-us no funcionamento deste nosso mundo.


Saber o erro de Korach é muito mais que uma questão do estudo da história. É um chamamento e uma lembrança da nossa obrigação de criar um “mundo conectado”.



A realidade em que cada um de nós pode relacionar-se com D-us e revelar a verdadeira essência e ligação íntima de todas as criações.


Shabat Shalom!
Cortesia do Rabino


Eli Rosenfeld
chabadportugal.com


Por favor, clique aqui para prometer uma Mitzva em honra dos jovens sequestrados:
Please click here to pledge a Mitzva in honor of the kidnapped boys:




Bring Back Our Boys


Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário