quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Mosaicos do Zodíaco de algumas sinagogas antigas.






Uma incrível descoberta.
Em Dezembro de 1928, uma equipa de trabalho do kibbutz Beth Alpha estava a cavar um canal de drenagem quando alguns pedaços de um mosaico começaram a aparecer nas cargas das suas pás.



No painel quadrado do mosaico Alpha Beth tem uma roda do zodíaco com os 12 símbolos e nomes do zodíaco, rodeados por quatro figuras femininas nos cantos, identificando as estações do ano.



Muitos dos símbolos incluídos no painel de mosaico superior reafirmam a natureza judaica da sinagoga de Beth Alpha: a Arca da Aliança no centro (Aron Kodesh), luz eterna (ner tamid), dois candelabros de sete braços (menorot; plural , menorah), fronda da palma (lulav), cidra (etrog), e uma pá de incenso (Mahta). Estas imagens formam uma espécie de painel identificativa da sinagoga.


Na parte inferior do painel retangular, mais perto da porta, a história familiar de Gênesis 22 é representada no mosaico. Abraão está se preparando para sacrificar seu filho Isaac (à direita) como a mão de D’us  o alcança do céu para o impedir de concluir o acto.. Perto está um carneiro que é apanhado pelos seus chifres num matagal, na extrema-esquerda é um servo que espera com o burro. Este tipo de cena é conhecido como um painel dos antepassados ​​justos e é encontrada em vários mosaicos de outras sinagogas.



Outro impressionante mosaico foi descoberto na sinagoga de Tiberíades Hamate. Este contém uma roda do Zodíaco lindamente executada (interrompida por uma parede mais tarde colocada em cima da mesma) e um painel de sinagoga, mas não se refere a nenhum tema dos antepassados ​​justos.


No painel de mosaico de Tiberíades Hamate,  está dentro de um quadrado, a roda do Zodíaco e os quatro cantos são marcados com representações das quatro do ano, como pode ser visto aqui.


A sinagoga de Ein Gedi contém um mosaico que é ainda mais completo do que os de Beth Alpha e Tiberíades Hamate, embora relativamente simples na decoração. Todos os elementos usuais são actuais, e alguns  novos, mas na forma escrita, em vez de representações figurativas.





Inscrições, em vez de imagens, cobrem o chão do mosaico da sinagoga Ein Gedi. Todos os signos do Zodíaco estão listados (e pela primeira vez com os meses correspondentes do calendário hebraico), bem como uma longa lista de antepassados ​​justos, desde Adão, Seth e Enos, a Abraão, Isaac e Jacó, Hananias, Misael e Azarias.





A sinagoga de Zippori (Séforis), tem a mais recente das descobertas de mosaicos do zodíaco, embora, infelizmente, não esteja bem preservado. No centro da roda do zodíaco, Helios, a dirigir a sua carruagem de quatro cavalos, mas mais do que a figura de um homem, D’us é descrito como o próprio sol.



Fim... 
Da primeira parte do artigo, amanhã há mais!


Fonte:

Arqueologia Bíblica

Nenhum comentário:

Postar um comentário