sábado, 17 de maio de 2014

Rabi Yechezkel Landau (1713-1793)




Falecimento de "Moda B Yehudah
(1793)



Dia 17 de Iyar marca o falecimento de Rabi Yechezkel Landau (1713-1793), autor da obra talmúdica e haláchica Noda B'Yehudah e Rabino Chefe de Praga. A sua famosa "Carta de Paz" ajudou a conciliar a discórdia entre os sábios Rabi Yaacov Emden e Rabi Yonasan Eibeshutz, que ameaçava dividir irremediavelmente o povo judeu.



Túmulo do Rabi Yechezkel Landau




Yechezkel ben Yehuda Landau (08 de outubro de 1713 - Abril 29 de 1793 | 17 de Iyar) foi uma influente autoridade em Halachá (lei judaica). O seu trabalho mais conhecido é o Noda Biyhudah (נודע ביהודה), título este que acabou por se tornar o seu “segundo” nome e pelo qual ele ficou conhecido.

Foto da obra Noda Biyhudah




Landau nasceu em Opatów, Polónia, numa família que traçou a sua linhagem até Rashi, e participou activamente na yeshiva em Ludmir e Brody. Em Brody, foi nomeado dayan (Juiz rabínico) em 1734, e em 1745 ele tornou-se rabino de Yampol. E foi em Yampol que tentou mediar entre Jacob Emden e Jonathan Eybeschütz o debate das controvérsias Emden-Eybeschütz” -que “que tinha interrompido a vida comunitária judaica durante muitos anos".



Jacob Emden e Jonathan Eybeschütz


O seu papel na controvérsia é descrito como "tato" e chamou a atenção da comunidade de Praga, onde, em 1755, foi nomeado rabino, e onde mais tarde estabeleceu uma Yeshiva; Avraham Danzig, autor de Chayei Adam, está entre os seus alunos mais conhecidos.

Landau era muito estimado, não só pela comunidade, mas também por outras pessoas; e era uma figura importante nos círculos governamentais. Assim, além de suas tarefas rabínicas, Landau intercedeu com o governo em várias ocasiões, nomeadamente quando as medidas anti-semitas foram introduzidas.



 Fontes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário