domingo, 30 de junho de 2013

O Pintor Gustav Bauernfeind



Foi um pintor, ilustrador, arquitecto e  foi considerado um dos pintores orientalistas mais notáveis ​​da Alemanha.

Gustav Bauernfeind Portrait






Gustav Bauernfeind de origem judaica, nasceu em 1848, em Sulz am Neckar, Alemanha e faleceu em Jerusalém no ano de 1904. 




Seu pai era um judeu austríaco e farmacêutico, mas após instalar-se em Baden-Württemberg, converteu-se ao catolicismo, sendo portanto o pintor educado nesta religião. 



David Street em Jerusalém


Após completar seus estudos de arquitetura no Instituto Politécnico de Stuttgart, ele trabalhou no escritório de arquitetura do Professor Wilhelm Bäumer e, posteriormente, no de Adolph Gnauth, onde também aprendeu pintura. Nas suas primeiras pinturas, Bauernfeind focava paisagens locais da Alemanha, bem como os motivos da Itália. 


Alemanha


Veneza


Durante os dois anos do Levante, 1880-1882 ele viajou para o Oriente e interessou-se de tal ordem que as suas viagens foram repetidas. Em 1896 mudou-se com sua esposa e filho para a Palestina e, posteriormente, em 1898, estabeleceu-se em Jerusalém. O artista também viveu e trabalhou no Líbano e na Síria.


Mercado de Jaffa


O seu trabalho é caracterizado principalmente pelo ponto de vista de arquitectura de Jerusalém e da Terra Santa. As pinturas de Bauernfeind são meticulosamente trabalhadas, primorosamente compostas e as paisagens urbanas e imagens de santuários conhecidos em óleo quase fotográficamente precisos.


Oriental Street


Durante a sua vida ele foi o pintor orientalista mais popular da Alemanha, mas…caiu no esquecimento após sua morte. Porém, desde o início de 1980, Bauernfeind foi gradualmente redescoberto, com suas pinturas a apareceram em leilões com preços elevados. 


Judeus em oração no muro


Assim, a sua pintura a óleo “O Muro das Lamentações”, foi vendido em 1992 na Christie em Londres, pelo montante equivalente a 326.000€. A mesma pintura apareceu de novo num leilão no final de 2007 e desta vez na Sotheby em Londres, pelo valor equivalente a 4,5 milhões €. 


Muro das Lamentações


Mas em 1997, já uma outra pintura a óleo de Bauernfeind, o “Porto de Jaffa”, foi vendida no Van Ham Kunstauktionen em Colónia por 1.510 0,000 DM, tornando-se a pintura do século XIX mais cara vendida na Alemanha. 


 O Porto de Jaffa


Na sua terra natal, em Sulz am Neckar, a vida e a obra do pintor é comemorada pelo Museu Bauernfeind Gustav com uma grande exposição permanente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário