quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Yossele Rosenblatt





Josef "Yossele" Rosenblatt (09 de Maio de 1882 - 19 de Junho de 1933) foi um Chazzan ucraniano  (cantor) e compositor. Ele foi considerado o maior cantor de sua época.





Rosenblatt nasceu em 09 de Maio de 1882 na cidade Bila Tserkva, Ucrânia. Yossele foi herdeiro de uma longa linhagem de cantores e teve uma educação religiosa e devota mas foi impedido de receber formação musical formal em todas as grandes academias de sua época. Ele começou sua carreira como membro do coro da sinagoga local. Rapidamente apelidado como um "prodígio" e lançado na sua carreira a solo.






No início, Rosenblatt aceitou o cargo de Chazzan a tempo inteiro em Munkacs, Hungria, com a idade de dezoito anos. Pouco tempo depois muda-se para Bratislava.


Mais tarde, passa a ocupar uma posição de destaque em Hamburgo, Alemanha. Em 1912, mudou-se para o Harlem onde ocupou uma posição na congregação ortodoxa de Zedek Ohab. Em Agosto de 1927, ele abandona este cargo na Zedek Ohab.


Durante os seguintes festejos judaicos importantes, ele prestou os seus serviços num salão em Chicago, e uma das festas, (Sucot), em Detroit. Durante os meses seguintes, ele viajou por todo os Estados Unidos, levando os serviços a cidades como Minneapolis, Seattle, Indianapolis, Columbus, Milwaukee, Filadélfia e Washington, DC.


Yosef Rosenblatt - My Yiddishe Mama



Em Washington, DC, ele se reuniu com o então presidente Calvin Coolidge. Em 1928, ele assinou um contrato de 10 anos com a primeira Congregação Anshe Sfard, localizada em Borough Park, Brooklyn.




A fama de Rosenblatt estendeu-se para além do mundo judaico que lhe valeu grandes taxas de concertos, um papel a cantar no filme 1927 O Cantor de Jazz, e a alcunha de "O Caruso judeu”.



Rosenblatt no filme O Cantor de Jazz



Sua fama se espalhou tanto que Toscanini lhe pediu para cantar num papel de liderança na Fromental Halévy 's La Juive , mas Rosenblatt respondeu que só iria usar o seu dom vocal para a glória de Deus, a serviço de sua religião. Notavelmente, ele recusou uma "Golden Olá" da ópera de Chicago para não violar os seus princípios religiosos.

Yossele Rosenblatt parte definitivamente em 19 de Junho de 1933, em Jerusalém.


Fontes:



Nenhum comentário:

Postar um comentário