sábado, 25 de abril de 2015

O dia de hoje na história judaica | 6 Iyar 5775





Rebeliões anti-judaicas na Rússia
(1881)




O levante começou ao sul da Rússia, e logo se espalhou por todo o país.



Alexandre II, por Nikolay Lavrov



Após o assassinato do Czar Alexandre II da Rússia, e os subsequentes boatos de que os judeus estavam por trás do atentado, irromperam rebeliões anti-judaicas em 6 de Iyar. Os ataques e pogroms duraram quatro anos, durante os quais milhares de lares e sinagogas foram destruídos, e incontáveis judeus feridos e empobrecidos. 



Desenho reconstituindo o assassinato de Alexandre II 
da Rússia em São Petersburgo.


O Czar Alexandre III na verdade culpou os judeus pelas rebeliões (!) e castigou-os editando novas leis que restringiam ainda mais a sua liberdade. Dentre essas leis devastadoras estava a legislação que proibia os judeus de morarem em cidades com menos de 10.000 cidadãos, e limitava as suas oportunidades de emprego e educação.




Alexandre III


Essas leis opressivas, conhecidas como as “Leis de Maio”, forçaram muitos judeus a emigrarem. Acredita-se que mais de dois milhões de judeus deixaram a Rússia, muitos deles optando por mudar-se para os Estados Unidos a fim de usufruir das liberdades ali oferecidas.




Fontes:


"Alexander II of Russia (Nikolay Lavrov 01)" por Николай Александрович Лавров (1820—1875) - bg-gallery.ru. Licenciado sob Domínio público, via Wikimedia Commons - http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Alexander_II_of_Russia_(Nikolay_Lavrov_01).jpg#/media/File:Alexander_II_of_Russia_(Nikolay_Lavrov_01).jpg



http://en.wikipedia.org/wiki/History_of_the_Jews_in_Russia#/media/File:Ekaterinoslav1905.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário