sexta-feira, 29 de julho de 2016

Cartas de Lisboa | Pinchas



Pinchas

Iris Wexler painting



A Parsha desta semana apresenta em detalhe as muitas oferendas a serem efectuadas no Templo. Ainda que obviamente muito importantes na rotina do ritual Judaico, não se esperaria encontrar aqui uma mensagem que é a mais universal de todas as muitas mensagens incluídas na Torá.




Ainda assim, é exactamente isso que acontece de acordo com o Rabi Jacó Ibn Chaviv, autor do Ayn Yaakov, o qual viveu em Portugal durante o período da expulsão, e que identifica um versículo da nossa Parsha como a mensagem quintessencial da Torá.




Bamidbar 28:4 "Uma ovelha será oferecida por ti pela manhã e a outra ovelha será oferecida por ti pela tarde”. Este mandamento refere-se ao “Corban Tamid”, a oferenda diária de cada manhã e tarde, diz-nos ele, é o verso mais geral e inclusivo da Torá.



Rachelle Levinstsn painting


Como assim? O que é que nesta mensagem tão simples é tão importante ao ponto de ser considerada a mensagem central da Torá para todos nós?



A resposta é a de que o ponto fundamental é a consistência. Este sacrifício oferecido duas vezes ao dia é referido como o “tamid”, o constante. Todo e cada dia do ano, desde o mais sagrado ao mais mundano, de manhã e a tarde o “Tamid” era oferecido no Templo.


Cada dia trás novos desafios, quer externos, quer ditados pelo ambiente em que nos movemos, ou – e bem mais difíceis – lutas internas que cada um de nós encontra. Aqui a virtude da consistência é de importância extrema.


Na sua vida pessoal o Rabi Ibn Chaviv teve experiências de tremenda e abrupta mudança, como aliás todo o Povo Judaico dessa época. Durante este período em Portugal um dos seus filhos foi convertido à força e o cumprimento, mesmo das partes mais simples dos costumes e rituais Judaicos tornou-se uma questão de vida ou de morte.


Ainda que os altos e baixos da nossa vida não sejam felizmente tão drásticos, continua a ser possível para nós compreender a profundeza da sua mensagem. Independentemente do que nos rodeia e de como nos possamos sentir a cada momento, temos de continuar a nossa tarefa de cumprir a nossa missão de cumprir a Torá e todos os seus Mandamentos todos os dias.



Shabbat Shalom!
Cortesia do Rabino


Eli Rosenfeld
chabadportugal.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário